quinta-feira, 17 de março de 2011

Post "Tsunami", sinônimo de hipocrisia.

O Japão tem por cultura e tradição comer carne de baleia e carne de golfinho, assim como nós comemos carne de boi e de porco.
A Espanha tem como tradição as famosas e terríveis touradas.
O Irã mata a pedradas mulheres adulteras.
T-R-A-D-I-Ç-Ã-O.

Na Índia, a vaca é considerada um animal sagrado, ou seja, os Indianos nos acham monstros por nós comermos a carne desses animais.
Os Chineses amam carne de cachorro. E nós amamos a companhia dos cachorros, por isso, não gostamos do fato de os nosso queridos orientais comerem a carne deles.
Mas tudo isso é tradição.

Vamos lá..
A Baleia Jubarte está ameaçada de extinção, e o Japão, meus amigos, adora sushi de Jubarte e também de outras baleias que eles mesmos fizeram com que corressem o perigo de sumirem de vez dos nossos oceanos.
A, e claro, há o detalhe que desde a década de 80, a comercialização da carne de baleia é proibida. Então o que o Japão faz? Diz que caça baleia para fins científicos, mas a própria ciência os dedurou. Na verdade eles usam a carne das baleias para fins comerciais.

Agora vamos ao outro cetácio que os Japoneses adoram: golfinho.

A vaca não está ameaçada de extinção, nem o porco, nem o cachorro da China e nem os golfinhos.
A vaca e o porco são criados para serem abatidos. Eles não vão entrar em extinção por isso, a não ser que o Brasil saia por aí matando vacas e porcos selvagens (?), tanto daqui como de outros países.
O cachorro? A mesma coisa.
Os golfinhos?
Os golfinhos não ficam a vida inteira em um só lugar, assim como outros animais, há temporadas que eles vão pra costa de não sei onde, e outra que vão para a costa de não onde e assim por diante.
O Japão vai para a costa de não sei onde e mata os golfinhos que passam por ali uma vez por ano. E assim vai indo, vai indo e vai indo.
Houve um tempo em que as baleias não estavam dentro de uma ameaça de extinção, e devido às tradições que passam por cima de valores, hoje estão. E isso infelizmente vai acontecer com os golfinhos.

Agora generalizando a questão animal..
Mesmo se nenhum bicho corresse o risco de sumir e nós pudessemos matar livremente todos eles, eu sou totalmente emocional. E eu não quero que uma criaturazinha dessa seja morta por um ser humano:
É bonitinho, assim como golfinhos são bonitinhos, baleia são lindas e tantos etc por aí.
__




E o ponto que eu quis ressaltar é o de que quando acontecem tragédias, na maioria das vezes causadas por nós, que NOS atingem, matando não sei quantas mil pessoas, ficamos tristinhos.
Mas quando há tragédias no mundo animal, causadas pela falta de responsabilidade, escrúpulos e valores, a sociedade, com o perdão da palavra, fala um belo e grande foda-se.

Caçam tigres, pandas, morsas, tartarugas gigantes.. Estes? São ameaçados de extinção.
Mas não tem problema. É tudo uma questão de tradição!


-Larissa de Freitas Hipócrita.

15 comentários:

  1. A gente, por favor.
    Isso tudo é preguiça de ler?

    ResponderExcluir
  2. gostei :)
    seguindo, segue também?
    http://osdments.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. (Desculpa por não ter lido), Mas o que realmente acontece é isso, a sociedade não ta nem aí para o que acontecem com as baleias e outros animais. se fala todos os dias sobre a tsunami e o quando o japão foi castigado, mas nunca vi uma materia falando sobre a matança de baleias no japão Felizmente a pessoas como você e outras tantas mais que realmente se preocupam com o assunto. espero que esse problema seja levado muito a serio. e que as pessoas olhem mais para esse "caos". (desculpa mesmo pelo outro comentario).

    ResponderExcluir
  4. Bem, fui ler tambem todos os comentarios da postagem anterior ja que esse post é obviamente uma resposta a algum dos comentarios, e assim entender melhor

    É um tanto complicado criticar ALGUMAS tradições diferentes das nossas, pelos simples fato de serem tradições locais...Mas existem outras obviamente erradas, como o apedrejamento no oriente médio...

    Pra não me alongar demais vou focar na morte de animais...

    Sou a favor da morte de animais para que os humanos possam COMER. Sei que algumas pessoas são vegetarianas por serem contra isso, mas assim como os animais irracionais comem uns aos outros, acho que o ser humano tambem pode entrar nesse meio

    Agora, sou totamente contra a morte de animais por qualquer motivo que não seja a alimentação. Sou contra matar animal pra fazer roupa ou qualquer objeto que seja, contra qualquer tipo de caça por diversão...sou contra experiencias com animais (geralmente os ratos são os mais usados, e como quase ninguem gosta de ratos passa despercebido). São animais tambem e não tem nada que terem as patas presas em um laboratorio pra sofrer...
    Acredito que todos os animais tenham igual valor, e por isso o que eu falei serve pra todos (cachorrinhos bonitinhos ou ratinhos feios) EXCETO no caso de animais em extinção, que devem ser preservados, e nesse caso matar animais em extinção para comer deve tambem ser proibido...

    http://www.thenerdsarecool.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. concordo, mas é importante ressaltar que também discordo. São tradições humanas. E na cabeça deles isso não é errado. E eles não pensam "é errado". E faço porque faço. Porque sobrevivo assim, porque me foi ensinado assim.
    Veja, não defendo a matança de animais como eles fazem. Sou vegetariana, inclusive. Só que não é certo dizer que por exemplo, o tsunami aconteceu para "vingar" a matança desses animais. Não podemos culpar crianças que tem sofrido com o tsunami, porque elas não entendem, nem sabem sobre matanças. E na cabeça deles isso é tradição e cultura, e isso ninguém muda. Pura psicologia.
    Mas isso não se discute seriamente em comentários de blog. Enfim, excelente proposta


    educacaoalienista.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Mas o que eu quis dizer com a primeira parte do post, é que o ser humano está pagando pelas coisas ruins que ele faz com a natureza.
    As crianças também não tem culpa nenhuma em relação ao aquecimento global, nem ao efeito estufa, nem a poluição dos rios, etc, etc etc.
    Eu me preocupei em ressaltar ali uma microparte de um todo ENORME.

    A parte da tradição eu entendo perfeitamente. Até pensei muito antes de fazer o post.
    São os valores de uma sociedade que precedem as atitudes da mesma.
    Mas dessa mesma forma, eu tenho os meus valores que se resumem em "independente de qualquer coisa, matança é uma coisa errada". :)
    A China pode comer cachorro, mas isso não está prejudicando a fauna e a flora.
    O Japão prejudica e SABE disso.
    Por isso eu sou assídua no meu ponto de vista..
    ^^
    Não sou muito flexível nesse quesito!
    =P

    ResponderExcluir
  7. falando e tradição lembrei de um video, que compara humanos com macacos que fazem coisas sem saber por que...conhece o video?

    http://www.youtube.com/watch?v=ATzQIggXyis

    Algumas tradições são assim...todo mundo faz sem saber por que, apenas por que sempre foi assim...talvez os humanos não sejam muito mais inteligentes que os macacos ^^

    ResponderExcluir
  8. Eu sou o contrário...
    eu me sinto mal quando vejo alguma tragédia com qualquer tipo de animal. Agora com pessoas eu sou praticamente indiferente (salvo um ou outro caso).
    Se eu ver algúém torturando um animal entro em revolta...se vejo isso com um humano...nem tanto ou nem sinto nada.
    Será que sou anormal? =p

    Fato: pessoas que não gostam de animais nem conseguem sentir algo por eles são as pessoas mais desprezíveis. Minha supervisora é uma delas kkkkk

    ResponderExcluir
  9. Nossa, Leonardo, não conhecia o vídeo. Ele é perfeito.
    Mas esse é o ponto.. O ser humano é racional, e é incapaz de ter, digamos, "tradições" próprias, sem depender da sociedade na qual está inserido.
    Nisso não me refiro só ao Japão, mas a todas as pessoas, inclusive, eu, você, o outro, a outra e por aí vai. =P

    ResponderExcluir
  10. Adoro os textos de teu blog!


    Hey Visite! - http://junatchos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. simplesmente engloba tudo , gostei muito mesmo , parabéns.

    ResponderExcluir
  12. Confesso que li três vezes o texto.
    Olha que eu não sou de reler as coisas, mas tudo que você escreve é extremamente interessante. Pensei muito antes de deixar um comentário à altura do texto e do tema.

    Embora eu não seja muito ... certinha, defendo muito os animais. Cansei de ouvir do meu professor de filosofia : Você gosta de gato, cachorro, passarinho mas come porco, galinha ... isso é ético ?

    Pensando por um lado, realmente ... mas talvez se eu tivesse tido uma orientação desde pequena, poderia ter me habituado a outros costumes.

    Acho uma coisa absurda o que fazem com esses pobres animaizinhos, ao mesmo tempo que me acho um monstro por comer carne. Sei que uma atitude minha pode fazer a diferença, mas enfim ... quem sabe um dia eu possa me livrar disso (juro que já tentei).

    Seus posts são sempre ... petulantes ... fazem eu pensar e repensar nos meus modos, mas nada justifica essa atrocidade com os animais indefesos. NADA. Quem sabe o dia em que nós nos 'aliarmos' a eles o mundo de uma reviravolta(não sei nem se esse é o termo certo, mas espero que entenda). Só espero que não seja tarde demais e que eu esteja viva para presenciar tal fato.

    Ufa!

    ResponderExcluir
  13. hum muito bom seu texto parabéns

    ResponderExcluir

Aproveite bem o espaço que você tem aqui no meu blog. =)

Se gostou, siga.
E sinta-se a vontade para ler e comentar também em outros posts!
Obrigada! =DD